Mudando o cenário da informática Pernambucana

March 27, 2012

Uma proposta prática, que defendo desde o início para mudar o cenário da informática pernambucana, é esquecer que governo existe: porto digital & cesar estão lá com seus memes e seus valores de 1999 e nós (empresas privadas) estamos no futuro: 2012. O que fazemos? Que tal *copiar* o modelo de sucesso da Tempest e da Neurotech? Pega inovação, empacota, bota dentro da mala e voa para SP.

Suponha que conseguimos convencer nos próximos 5 anos, 200 empresas a fazerem isso, afinal temos 150 cadastradas no pd e deve ter mais por aí afora. Suponha, que destas 20% cheguem ao patamar de 10 milhoes. O que temos no final de 5 anos? 400 milhões novos (sem finep, sem lei de informática) para dentro da economia da cidade.

Esta taxa de sucesso é alta? E se usarmos inteligência e cooperação para acelerar o processo, por exemplo: e se a Neurotech montar com a Ubee (http://startupbase.net/startup/ubee) uma unidade de prevenção de segurança em Shoppings via dados do produto dele combinando redes neurais? Essa joint venture pode faturar 10 milhões daqui 5 anos. E se as joint ventures que a E.Life tá fazendo com a mobiclub e a comment.lab faturarem 10 milhoes em 5 anos cada? E a Procenge? Talvez eles possam montar uma joint venture para oferecer um sales force automation for iPad com a Ftips?

E agora respondendo a pergunta inicial: como resolvemos os problemas mundanos do porto digital, ou melhor, do Recife como inteiro? Resposta: Um grupo de 400 milhões e possivelmente 1000 empregados tem poder político. Pode exigir colocar um presidente do porto digital vindo da iniciativa privada, quem sabe até do Sillicon Valley (!), pode exigir aos deputados que mudem o bairro de Recife e os outros. Em outras palavras: money talks and it walks.

Hoje somos todos pobres, sem voz, sem participação ativa em nada. Um grupo super pequeno de funcionários públicos centraliza e define quem fica com os jogos da secedu, quem ganha as licitações da ATI, as verbas da FINEP e da lei de informática etc etc. E eu digo: que engulam todo o dinheiro público sozinhos! Faz mal e dá indigestao. Causa dormência empresarial, coma e finalmente a morte.

Somente criando um grupo de milionários vindo do setor *privado*, os primeiros pernambucanos, que fizerem seu dinheiro fora deste clube seleto de amigos do governo vai ter o poder de mudar tudo isso. E nao em cinquenta, mas em 5 anos !

One Response to “Mudando o cenário da informática Pernambucana”

  1. vitorino said

    Identifique-se no grupo Startup PE e vamos discutir.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: